Gigabyte desenvolve placa-mãe ecológica



A Gigabyte, em parceria com a fabricante brasileira Digitron, anunciou em São Paulo sua mais nova placa-mãe ecológica voltada para o segmento de computadores top de linha (high-end), que chega ao Brasil em três modelos: GA-X48T-DQ6, GA-X48-DQ6 e GA-X48-DS5.

Em termos de performance, a linha X48 oferece suporte aos processadores Core 2 e Pentium D, ambos da Intel, capacidade para até 8 GB de memória em quatro pentes, interface de vídeo PCI-Express e velocidade de 1600 MHz para o transporte de dados (FSB). O grande diferencial, porém, fica por conta da tecnologia inédita de gerenciamento de energia, a Dynamic Energy Saver, que une hardware e software para aumentar a eficiência da máquina sem provocar desperdício de energia.

De acordo com Sung Un Song, presidente da Digitron, as placas X48 possuem 12 fases de consumo de energia, que são automaticamente reguladas pelos componentes dependendo do tipo de aplicativo em execução. Quando um programa não exige os 100% da capacidade de processamento, o hardware diminui os ciclos por segundo do processador e do chipset, reduzindo conseqüentemente o trabalho dos acessórios associados, como por exemplo ventiladores (coolers).

Os benefícios dessa tecnologia para os consumidores vão além da economia de energia elétrica, pois o equipamento produz menos ruído e esquenta menos, dispensando soluções de refrigeração muito caras. Nos testes disponibilizados pela empresa, a economia de energia chegou a 70%.

Para facilitar o acesso ao gerenciador de energia, o produto vem com um programa capaz de exibir todos os dados referentes à velocidade do processador, temperatura e voltagem. O aplicativo é útil principalmente para os usuários entusiastas, que compram um equipamento high-end para personalizá-lo e assim extrair o máximo dos recursos disponíveis. Com o software ligado, a saúde do PC pode ser observada de forma minunciosa, eliminado riscos de travamentos e outras complicações graves causadas pelo aquecimento dos componentes.

A operação da tecnologia Dynamic Energy Saver também pode ser observada na X48 por meio de LEDs presentes na própria placa, que acendem nas cores verde e vermelha, em ordem crescente. Esse meio de observação é útil para aqueles que precisam monitorar o desempenho da máquina em cada tentativa de overclock, técnica utilizada por jogadores e entusiastas que força a máquina a trabalhar além da capacidade recomendada pela fábrica.

O lançamento da nova linha de placas Gigabyte X48 ocorre mundialmente, nivelando o Brasil com os demais países quando o assunto é tecnologia high-end em PCs.

O preço estimado do produto é de R$ 700, apenas a placa-mãe. Logicamente, tratando-se de um produto de última geração, ele estará pronto para receber outros componentes de alta performance, como processadores de vários núcleos e placas de vídeo extremamente velozes, que chegam a custar mais caro que um PC comum completo.

As placas X48 podem ser adquiridas nas lojas especializadas em informática e já vêm com alguns programas no pacote, como o Easy Tune 5 Pro e Norton Internet Security.

Por Terra




2 Comentários em “Gigabyte desenvolve placa-mãe ecológica”


Deixe um Comentário