Mesmo com conversor, TV ainda requer ajuste de antena UHF para captar sinais



Uma antena, com longas hastes ajustáveis de alumínio, talvez seja uma das últimas coisas que você imaginaria plugada a uma TV de última geração. Mas elas fazem parte da realidade das transmissões digitais.

Apesar de toda a tecnologia envolvida na qualidade digital de alta definição, além do já mencionado conversor, uma antena UHF é necessária para captar o sinal.

Este foi o primeiro ponto observado nos testes feitos pelo UOL Tecnologia e mostra que, mesmo que a qualidade de imagem da televisão digital seja superior, se você não tiver uma antena não vai conseguir captar os canais digitais.

Instalação é fácil; sintonia de canais varia

Esclarecimentos acerca da necessidade da antena feitos, vamos à instalação. Com o conversor já embutido nas TVs, a instalação foi muito simples.

Bastou procurar a entrada de antena RF na TV e conectar o cabo da antena UHF, comprada separadamente para os testes.

Feito isso, os aparelhos foram ligados e, automaticamente, o software de gerenciamento presente na TV identificou a ligação e perguntou se era possível fazer a busca automática de canais. Os aparelhos do teste foram instalados no mesmo local um de cada vez.

Todas as TVs sintonizaram os principais canais de TV aberta de São Paulo, como Globo, Record, SBT, Bandeirantes, Rede TV e Gazeta. O modelo Philips conseguiu, ainda, localizar os sinais das TVs Cultura, Mix TV e MTV. Na LG, além dos canais maiores, somente o MixTV. A Samsung captou somente as emissoras principais.

É bom o usuário já saber de antemão: a sintonia dos canais depende diretamente do local da cidade em que a TV está instalada e do nível de sinal transmitido pela emissora. Além disso, não custa lembrar que as transmissões digitais estão restritas a alguns programas na maioria das redes televisivas. No resto do tempo, o espectador verá imagens na velha resolução analógica.

Menus dos televisores

O menu da TV LG é o mais mais interativo e intuitivo das três TVs avaliadas. Mesmo assim, requer que o usuário leia o manual para se ambientar com os recursos de ajustes de canal e consulta da programação das emissoras.

Na Samsung, o menu é organizado mas há o porém de a organização dos canais favoritos ser um tanto mais confusa do que a das outras TVs avaliadas.

A TV Philips tem um menu para os ajustes do conversor digital em separado dos controles analógicos do televisor. Apenas os controles de cor, brilho e contraste são os mesmos para conversor e TV. Os outros modelos têm um único menu, que aglutina todas as funções.




4 Comentários em “Mesmo com conversor, TV ainda requer ajuste de antena UHF para captar sinais”

  1. jonas 26 fevereiro 2009 at 18:49 #
    nao estou conseguindo estalar o conversor e nada da imagem ficar boa

Deixe um Comentário