Venda de Bully é proibida no Rio Grande do Sul



Segundo notícia divulgada no site do Ministério Público do Rio Grande do Sul, a JPF Magazine LTDA. está proibida de vender, importar ou distribuir o jogo Bully. A medida faz parte de uma ação coletiva avaliada pelo Cidecon (Centro Integrado de Apoio Operacional e Promotoria de Justiça Especializada de Defesa do Consumidor).

A decisão do juiz Flávio Rabello determina também que todas as empresas proprietárias de sites em que o jogo é comercializado retirem os anúncios de venda em 30 dias úteis. Além disso, elas devem informar, em lista, o nome de outras empresas que tenham adquirido o jogo.

A notícia do site conclui dizendo que Bully “retrata, fundamentalmente, situações ditadas pela violência, provocação, corrupção, humilhação e professores inescrupulosos, sendo nocivo à formação de crianças e adolescentes e ao público em geral”.

As lojas que não cumprirem a determinação deverão pagar multa diária de R$ 1 mil, atualizada pelo IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado).

Por Terra Games




3 Comentários em “Venda de Bully é proibida no Rio Grande do Sul”

  1. david 17 julho 2010 at 12:06 #
    olha o bully e

    +
    +

    mmmmmmmmmmmmmmuuu

    uuuuuuuuuuuuuuiiiiiiiiiittttttttooooooo bom

    o bully e mmmmuuuuuuuuuitttttto bom tem que fazer bully

  2. Luigi Lima 14 janeiro 2011 at 16:53 #
    Eu jogo Bully ate hj e nao ligo!

    e eu nao sou agressivo ou violento com ninguem!

  3. Johnny Vincent 23 abril 2011 at 18:25 #
    Quero Que Se Foda Isso, Eu Não Moro No Rio Grande Do Sul, Mais Se Checar Em SP São Paulo Eu Vou Continuar Jogando!!!!

    PRA VCS SEUS PROIBIDORES: .l.


Deixe um Comentário